Devido à pandemia de COVID-19, algumas pessoas estão a descurar cuidados básicos de saúde, nomeadamente no que toca à saúde oral, por receio de contágio. O que pode trazer duplo perigo para a saúde.

No entanto, relatórios do Jornal da Associação Americana de Medicina Dentária (ADA) e da Ordem dos Médicos Dentistas em Portugal vieram comprovar que sim, é seguro ir ao dentista.

Nos EUA, a taxa de médicos dentistas infetados com COVID-19 é de apenas 0,9%. De acordo com a ADA, os dados significam que o reforço das medidas de segurança implementadas nos consultórios está a funcionar, com as infeções a serem controladas.

Em Portugal, a situação é idêntica. Um inquérito feito pela Ordem dos Médicos Dentistas, a nível nacional, mostrou que 99,5% dos médicos não se contaminaram em ambiente clínico, o que vai contra a ideia de que este poderia ser um local de risco de transmissão do vírus.

Assim, os estudos demonstraram que as práticas de controlo de infeção e as medidas de proteção estão a fazer com que o consultório dentário seja seguro, quer para médicos ou pacientes.

Não deixe de cuidar de si e da sua saúde oral, mesmo em tempos de pandemia. Na Médicamares, os nossos profissionais estão prontos para o receber com todas as precauções.